Entrevista na Radioava.global
September 3, 2020
Show all

5 Capacidades para uma Nova Normalidade

Revista Saber Viver

Eis que mais um ano passou. O regresso àquilo que Setembro costuma representar, após o Verão e as férias, os dias de Sol e os encontros animados entre amigos, desafia-nos para a necessidade de nos adaptarmos a uma nova realidade. O Mundo está diferente e não há como não estarmos cientes disso mesmo.

Continuamos, ou mesmo aumentámos, a necessidade de responder a numerosas solicitações, quer pessoais, quer familiares, quer profissionais, acrescidas de maiores níveis de incerteza. A superação dos desafios passa, em grande medida, por nos alinharmos com quem somos, com os nossos objectivos e lançar mãos das competências que possuímos. E, porque não, desenvolver outras capacidades que melhor nos ajudem a chegar onde queremos? Eis algumas dicas:

 

Rotinas

As rotinas não são mais do que um conjunto de técnicas, mais ou menos conscientes, que escolhemos implementar para nos facilitar a vida…  até ao dia em que percebemos que estamos afundadas num conjunto de rotinas que nos condicionam negativamente.

Verificar aquilo que fazemos e como o fazemos, e validar a necessidade da sua manutenção, aperfeiçoamento ou eliminação pode ajudar-nos imenso no dia-a-dia. Rotinas apropriadas e bem definidas contribuem para a manutenção e melhoramento da produtividade e da serenidade, aumentam as sensações de controlo e auto-estima, diminuem o cansaço e libertam espaço mental.

 

Avaliação e Discriminação

O que é importante e o que não o é? Como estabelece limites e lida com a limitação? As circunstâncias da sua vida podem ter mudado e as imposições com que se depara podem parecer-lhe razoáveis ou absurdas. No entanto, recorde-se que a forma como escolhe – sim, escolhe – lidar com elas é uma decisão sua, condicionada por um conjunto de crenças e valores que lhe permitem ou inibem determinados comportamentos.

Olhar, objectivamente, para o que está em causa e decidir-se a fazer mudanças pode parecer uma tarefa avassaladora até que percebe que voltou a ganhar controlo sobre algo que vale realmente a pena – a sua vida.

 

Expectativas e Perfeccionismo

O mundo é injusto, sente-se uma vítima, nada acontece como gostaria? Já não se pode contar com ninguém ou, por outro lado, sente que recorrem a si para tudo e não lhe dão um momento de sossego? Muitas vezes, a forma exageradamente crítica e difícil de agradar espelha o desconforto próprio de quem se sente aquém de si mesmo.

O perfeccionismo pode esconder medos que a inibem de avançar. A opção poderá passar por assumir que a realidade é o que é e que vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para melhorar o que está nas suas mãos, sabendo que as coisas são o que são. Procure aperfeiçoar o que existe em vez de esperar que o que existe seja perfeito.

 

Energia e Saúde

Qual é a sua abordagem típica aos desafios? Nos dias que correm, muita gente se encontra stressada, assoberbada com os filhos que cirandam à sua volta, ao mesmo tempo que trabalha a partir de casa. As notícias ocupam um espaço relevante de atenção, o escape que as saídas proporcionavam está mais condicionado. Somos “convidadas” a aprender uma nova forma de viver em sociedade.

Lembre-se de manter o equilíbrio, cuide da sua alimentação e procure formas de promover a actividade física. A saúde mental e a saúde emocional são muito importantes – aproveite as tecnologias e ligue-se à sua rede de suporte e, se necessário, equacione a possibilidade de consultas on-line. Aposte em dedicar tempo à leitura e a momentos de interiorização.

 

Simplifique tudo o que for possível.

Pergunte-se se certas coisas valem realmente a pena, ou se algumas reações serão apenas formas mais ou menos subtis de aliviar o stress e a frustração.

Como em tudo na vida e, particularmente, nos tempos mais desafiadores, a tolerância, a compaixão, a humildade e a dedicação são virtudes que contribuem para uma vida mais enriquecedora.

Procure perceber onde poderá ser útil e faça ponto de honra chegar ao fim do dia orgulhosa de si mesma.

 

Revista Saber Viver, Setembro 2020

 

Veja também

Tempestades em Copos de Água – Emoções e Maturidade Emocional

Como conciliar os papéis de Mulher, Mãe e Profissional

Stop & Go!

 

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.