Viver Consciente ou em Piloto Automático
October 30, 2019
Como conciliar os papéis de Mulher, Mãe e Profissional
November 10, 2019
Show all

Mercúrio Retrógrado – Como Sobreviver

Revista Saber Viver

 

Mercúrio está retrógrado. Isso também acontece com os planetas? Mas, afinal, o é que é que significa? E, mais importante ainda, como é que nos vai afetar e o que podemos fazer para ultrapassar esta fase? Está tudo aqui.

Mercúrio leva cerca de 87 dias a dar a volta ao Sol, enquanto que a Terra demora os já sabidos 365 dias. Do ponto de vista do observador na Terra, a diferença na velocidade relativa destes dois planetas faz com que haja, durante cerca de três ou quatro vezes por ano, a sensação de que Mercúrio “anda para trás”, como se ficasse mais lento e a precisar de repouso.

Quando se diz que no dia ‘x’ Mercúrio fica retrógrado, pensa-se normalmente no dia em que, na linguagem astrológica, se chama de Mercúrio Retrógrado Estacionário e que corresponde a um momento intenso de um ciclo que ocupa um espaço de cerca de… 8 semanas!

Se nos dedicarmos a observar o que se vai passando, poderemos perceber que determinadas circunstâncias ocorreram já um pouco antes deste dia, a começando cerca de 2,5 semanas antes, revelando-se agora as consequências daquilo que lhes deu origem.

Quando pensamos em Mercúrio, regente de Gémeos e de Virgem, relacionamo-lo com determinadas características, tais como:

  • A mente;
  • O sistema nervoso;
  • A capacidade de raciocínio, entendimento, discernimento;
  • A comunicação em toda a sua diversidade (falada, escrita, e-mails, contratos, conversas telefónicas, documentação, aprendizagem, a capacidade de        escuta, clareza de pensamento, etc.); Os meios de transporte e as viagens;
  • Os relacionamentos com as pessoas do dia a dia (incluindo irmãos e irmãs);
  • A capacidade de destreza;
  • A eficácia;
  • As rotinas;
  • O modo como se usam as capacidades técnicas aplicadas ao trabalho e ao serviço prestado.

Na fase em que Mercúrio está em movimento retrógrado, é comum verificarem-se erros, falhas de comunicação, facilitarem-se “atalhos” (que se irão revelar infelizes…), atrasos, dificuldade em tomar e obter decisões, situações imprevistas, esquecimentos, distracções e mal-entendidos.

Garanta que o que diz é correctamente entendido pelo seu interlocutor, leia e releia as entrelinhas, evite facilitar a tomada de decisões, não se precipite!

Será nas áreas de vida regidas por Gémeos e Virgem que mais se irão manifestar os acontecimentos trazidos pela fase retrógrada, mas a sua influência acaba por ser transversal.

 

Como lidar com Mercúrio retrógrado?

  • Fazer planos de contingência;
  • Dar margem para acomodar atrasos e situações imprevistas;
  • Evitar tomar decisões e assumir compromissos importantes – se possível, fazê-lo depois que Mercúrio esteja em movimento directo.

Exemplos?

  • Se precisa de viajar, vá com mais tempo, imprima o bilhete, confirme e reconfirme os horários.
  • Verifique se tem o back-up do seu computador feito;
  • Cconfirme as marcações que faz na sua agenda, já que a possibilidade de duplicações é grande.
  • Se usa agenda electrónica, garanta que o compromisso ficou realmente gravado.
  • Já agora, veja se a mensagem que escreveu chegou mesmo a ser enviada!

Garanta que o que diz é correctamente entendido pelo seu interlocutor, leia e releia as entrelinhas, evite facilitar a tomada de decisões, não se precipite!

Nem tudo é mau…

O lado mais simpático desta fase está na maior facilidade com que acedemos à intuição e a todos os processos que requerem pensamento calmo e reflexivo.

Aproveite para arrumar a papelada que se acumulou, organize o que for necessário, esclareça confusões passadas, ponha as leituras em dia, dedique-se ao seu bullet journal, termine o mestrado, faça aquela formação que tanto quer.

A solução começa por “re”: rever, reler, reflectir, redobrar a atenção, reavaliar, reconfirmar. Aproveitar para tomar consciência dos hábitos e padrões internos, fazer introspecção, corrigir mal-entendidos que vêm do passado, retomar temas inacabados, melhorar a capacidade de escuta activa e… cultivar a paciência e a tolerância!

 

Revista Saber Viver – Novembro 2019

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.