Memórias – a base da construção das Crenças
Abril 8, 2019
Sol em Touro
Abril 20, 2019
Show all
Hoje o Sol entrou no signo de Carneiro, marcando com isso o início da Primavera no hemisfério norte.

O equinócio da Primavera tem a sua correspondência, na mitologia anglo-saxónica, nórdica e germânica, com Ostara, deusa da Fertilidade, cujas festividades ocorrem exactamente neste dia. Simboliza o despertar da Natureza para uma nova vida.

A Primavera e Ostara representam o início da época de plantação da Terra, a promessa de abundância, amor e fertilidade (representada nos ovos, símbolos de toda a criação e nas lebres ou coelhos), originada pelo equilíbrio e igualdade entre as forças da Natureza, o Sol e a Lua. Hoje, dia e noite têm ambos 12 horas. Neste dia eram acesas fogueiras, simbolizando o fogo que iria aquecer a Terra e torna-la fértil.

Carneiro, o primeiro Signo de Fogo, nos seus aspectos positivos, representa acção, afirmação, autonomia, iniciativa, espontaneidade, impulsividade, independência. Vive no presente. Quer agora e já. Negativamente, temos impaciência, imprudência, brutalidade, intolerância, arrogância.

A casa em que temos Carneiro no nosso mapa natal corresponde à área de vida em que somos convidados a expressar a nossa individualidade, colorida por princípios como iniciativa, coragem, assertividade e confiança.

Quando Carneiro está de algum modo incapaz de se manifestar construtivamente surgem, entre outras, a frustração, a agressividade e o individualismo excessivo. Marte, regente de Carneiro, transforma-se no guerreiro cruel movido por instintos de sobrevivência do ego. Será através de Mercúrio, o regente esotérico deste signo, que será feita a ponte entre a Alma e a personalidade, trazendo as ideias criativas e a capacidade de expressão inspirada pelo Fogo do Espírito.

 
 
 
Março 2019

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.